3.6.09

Coca-Cola não sabe o que é ser mãe.


No mês passado foi a Claro. Este mês, quem leva o troféu "Chispa da minha sacola retornável" é a Coca-Cola, com seu desaforado slogan: “Quer saber, mãe, tudo o que você faz tem um sabor único. Porque você é essa Coca-Cola toda!”.

Relôôôôu Coca-Cola e seus publicitários: EU NÃO SOU UMA COCA-COLA! Nem quero ser. Imagina...tanto esforço, tanta dedicação, para ser considerada alguém melada e cheia de gases.

A Coca-Cola pode ser poderosa, absoluta, ícone dos prazeres do consumo, mas transformá-la em adjetivo/sinônimo de MÃE é forçar a barra. E achar que nos sentiríamos lisongeadas com tal comparação, é arrogante, prepotente e míope. Desculpem, mas vocês teriam que colocar muito xarope de coca nesta fórmula para conseguir chegar próximos aos nossos pés.

Chega de levar desaforo pra casa. Mesmo que ele venha embalado em uma simpática garrafinha retornável. Fico com meu suquinho de frutas, porque o feirante só me chama de linda. Isso sim é conhecer bem o público.

10 comentários:

Renata disse...

Tais, amei. te citei lá no twitter com esse post. Ah, aliás, o que que vc não tá fazendo lá?
Beijo
Renata

Diva disse...

Rsrsrsrsrsrsrs!

Ótimo! Também fiquei incomodada! Sou muito mais do que uma Coca cola!
Fico com meu suquinho de frutas e os de soja!
Que apelação!!!
Adorei a parte do feirante! Com certeza ele conhece sua clientela!
Beijocas!

Taís Vinha disse...

Oi Renata, obrigada pela citação. Vc acredita que não tenho "loção" do que é o Twitter. Vou conferir, mas temo ser mais um motivo pra eu ficar na frente do monitor. Bjs!

Renata disse...

rsrsrsrsr....eu também não quero ser coca-cola, não...

Tô contigo!!!!!!

Beijo grande,

Renata.

Silvia disse...

Comentário nada a ver com o texto, mas com os comentários: eu também nem quero ver o Twitter!

Renata disse...

Tais, o twitter vicia sim. Esse eh o lado ruim. Pq por outro eh muito bacana, um tremendo canal. Vc, que tem um recado valioso pra dar, deveria estar la!
beijo
Re

Hegli disse...

Oi Taís, vou ser honesta como sempre. Eu amo coca-cola zero.
Eu sempre gostei de coca-cola. Mas acho que isso tem um fundo sentimental...
Quando eu era pequena (dos 3 aos 6 anos), dormir na casa da minha avó (que mãe da minha mãe) no sábado era tuuudo pra mim, eu a amava demais. E no domingo minha família ia me buscar e todos almoçavam juntos e lá estava a bendita da garrafa de coca-cola marcando presença. Quando fiz 6 anos minha avó faleceu e desde então tenho uma ligação afetiva com a tal da coca. Acho qe o twiter vicia e coca tb. Mas tb tem espaço pros suquinhos, chazinhos e afins... e eu não sou essa coca-cola toda, rs!

Taís Vinha disse...

Oi Hegli, gosto não se discute, nem no Ombudsmãe! O que questionei foi a prepotência da Coca-Cola em achar que estava nos fazendo um elogio (em boca própria é sempre pra se desconfiar).

Eu amo o Ronaldo, mas ai se me chamarem de Ronaldinha. hahahahahahahahaha

Bjs!

Thaís Rosa disse...

hahahahhahahhahahaaha! não vi essa propaganda e já não gostei.

Anônimo disse...

Parabéns pela iniciativa!!
A Coca Cola está perdendo a noção das coisas, uma bebida que não serve pra nada, faz muito mais mal do que bem, querer se comparar a uma mãe?? Isso é um absordo!!
Minha mãe quando viu a propaganda a primeira vez queria quebrar a TV e depois chorou de raiva.
Coca Cola tenha mais rspeito com a minha mãe!!