Postagens

Mostrando postagens de 2019

Mundo cão

Imagem
Mundo cão

Ler notícias ainda é um prazer (ultimamente bem pouco prazeroso, confesso) que me permito todas as manhãs. Antigamente, as notícias me chegavam via folhas de jornal que eram passadas uma a uma, até as pontas dos meus dedos ficarem manchadas de tinta. Hoje, leio em formato eletrônico, não tão charmoso, mas que me permite acessar, naquela telinha tão pequena, um universo imensamente maior e mais veloz que o das grandes folhas de jornal.

Pois foi no site do The Guardian que leio duas notícias aparentemente sem conexão alguma, mas profundamente conectadas e que explicam muito do que estamos vivendo.

Uma é sobre o boom do mercado de hotéis de luxo para animais domésticos na Inglaterra. A matéria descreve quartos com vista para a piscina, poltronas na frente da lareira, refeições onde são servidas lagosta, bacalhau e caviar, cinema com mantinha, snacks e sorvete, desenhos animados na TV, máscaras faciais veganas, comida orgânica, chás descafeinados, creminhos para aliviar os efeit…

Contos de fodas

Imagem
Branca de Neve tinha um toc tão profundo, pobrezinha, que logo depois de sofrer uma tentativa de assassinato, a primeira coisa que faz é uma faxina. Pra piorar, depois de envenenada, arruma um príncipe necrófilo porque só isso explica essa tara por beijar defuntas desconhecidas que surgem no seu caminho.

Cinderela sofria abuso da madrasta, depois arruma uma fada madrinha sádica que a faz usar sapatos de vidro e a obriga a voltar pra casa à meia-noite, quando o baile estava começando a ficar bom. E, como desgraça pouca é bobagem, na balada do sapato de vidro, pega um playboyzinho que jura que se apaixonou mas no dia seguinte sequer se lembra como é o rosto dela.

Ariel deixou de ser quem é e abandona os seus pra agradar macho. Fim da história.

Rapunzel sofre abuso não só da bruxa, mas também do príncipe, porque o safado sabe que ela é prisioneira na torre mas, ao invés de ajudá-la a fugir, sobe lá, furunfa e vaza. Cretino.

O pai da Bela faz merda e pra se livrar entrega a filha pra um …

O topo da montanha

Imagem
Dario a chama para ir ao topo da montanha. Ela aceita.

Na cidade nova, ela não conhecia quase ninguém e queria muito fazer amigos. Dario é casado. Se conheceram num bar. Tomaram um aperitivo e se despediram com gentilezas habituais. A mensagem com o convite veio dois dias depois. No texto, ele deixou claro que não tinha nenhum interesse nela, além de fazer uma nova amiga: “não se preocupe, você não estará em perigo”, concluiu. Ela achou graça. Dario é um viajante, uma pessoa que coleciona países e amigos de diferentes culturas. É, além de tudo, um cavalheiro. Uma das pessoas mais gentis e simpáticas que ela havia conhecido.

Almoçam em um pequeno restaurante no bosque e a conversa flui sem esforço, em mais de três horas de vinho, entradinhas, pratos principais, doces e licores servidos no passo do tempo. Quando acabam, ele diz tranquilo que a levará para ver a vista mais espetacular da região. Entram no carro e sobem uma estradinha sinuosa e deserta. Chegam ao topo e, de repente, ela …