Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2008

Mais um pouco sobre limites

Imagem
No texto anterior, questiono a crescente pressão da sociedade para que os pais imponham mais limites aos filhos. As intenções são boas, mas confunde-se limite com broncas, castigos e ameaças. Muitas vezes, espera-se que o adulto aja como criança, batendo de volta, dando castigos exagerados, humilhando os pequenos na frente dos outros e usando de outros artifícios severos como forma de "educar".

Esquecemos que o exemplo educa mais do que milhares de palavras. Como um pai que bate pode dizer ao filho para não bater no amiguinho? Como uma mãe que morde de volta, pode esperar que o filho deixe de morder? Como um adulto que faz gelo pode esperar que seu filho não faça birra?

Posso ser míope (aliás, sou. Fundo de garrafa.), mas vejo mais pais exagerando nos limites do que esquecendo-se deles. Me diga se não é supercomum crianças levarem broncas porque sujam o uniforme? Ou serem obrigadas a comerem tudo, independente da fome, passando por situações vexaminosas à mesa? Quem nunca vi…

Dar ou não dar limites, eis a questão.

Imagem
Hoje recebi um texto, enviado pela super Marcia Vanzela, fazendo uma paralelo entre o lamentável caso Eloá e a falta de limites dos pais. Colo aqui um link para lê-lo, na página original que foi publicado.

Essa questão da falta de limites é um assunto delicado, porém, muito explorado. Na internet, há milhares de textos afirmando que os pais de hoje não educam, não estabelecem limites, não dizem não, etc. Joga-se um caminhão de culpa nos ombros dos perdidos pais, sem critério algum.

Eu leio estes textos com um olhar suspeito. O limite tem que existir. Claro. Não só na vida das crianças, mas na vida dos adultos. É o limite que me faz catar o cocô do meu cachorro nos espaços públicos. É o limite que me faz não parar em fila dupla na porta da escola. É o limite que me faz mudar minhas atitudes de consumo. É o limite que me diz quando é hora de pedir demissão ou de reduzir as horas que passo na frente do computador. Limite é bom. Mas não da forma como muita gente prega. Limite não é palma…

Desodorantes menos agressivos

Imagem
Você já deve ter recebido alguns emails relacionando o uso dos desodorantes antitranspirantes e antiperspirantes (alguém sabe a diferença?) com câncer de mama. Eu, que sou a neura em pessoa, fui investigar e não descobri nada conclusivo. Há quem diga que é mais uma lenda da internet. Mas há também alguns estudos, de universidades, fazendo a tal relação. O "x" da questão é o alumínio (sais, citrato, seja lá como chamam) presente na fórmula de todos os antitranspirantes. Um componente duvidoso até no meio médico.

Para chegar a alguma conclusão, fui conversar com uma ginecologista. Ela se esquivou. Disse que existem estudos científicos, mas nenhum é conclusivo sobre a segurança do alumínio. Afirma que houve, inclusive, uma polêmica sobre a segurança da vacina contra o HPV por ter alumínio na fórmula. Na dúvida, ela sugere às mulheres interessadas que não usem desodorantes que contenham este ingrediente. Disse também que ela mesma usa Leite de Magnésia, com ótimos resultados.

"Tá no meu pendrive"

Imagem
Aula de reprodução e corpo humano para o 5º ano, antiga 4ª série. Professora toda empenhada em esclarecer a garotada, sem preconceitos e com naturalidade. Pela primeira vez, a concentração era absoluta. Até que um dos alunos levanta a mão e diz que já tinha visto a mãe transar. Uhá! coletivo. Professora tenta se recompor e recompor a sala. "Isso é algo muito íntimo. Você não quer falar comigo sobre isso depois?" Aluno continua: "Eu vi, sim." Um colega devolve: "Viu nada. Acha que sua mãe ia deixar?" Menino se defende: "Vi, sim. Eu até filmei. Tá aqui no meu pendrive. Quer ver?"

Dá para imaginar a comoção coletiva, os olhares curiosos para o pen drive e a saia justíssima que se formou. Não sei bem como acabou. Sei que o pen drive foi confiscado e o arquivo não foi aberto. A mãe foi chamada, mas não apareceu (aliás, se eu fosse ela, desapareceria). Acabou virando só um tititi em meio a muitas risadas da galera.

Acendi uma vela de 7 dias para a pobr…

"Mãe, aceito ficha da cantina."

Imagem
Tenho um filho que adora ganhar dinheiro. Desde muito pequeno, já conseguia seus trocados vendendo aos vizinhos e parentes, pequenos objetos que ele fazia, como estátuas de massinha, biscoitos, colares de macarrão etc.

Na primeira vez que ele participou de um Halloween (não moro nos EUA, mas aqui tem Rélouim. Nóis é chique no úrtimo!), voltou para casa com um saco de supermercado cheio de doces. Expliquei a ele que não poderia consumir tudo aquilo e ele me tranqüilizou dizendo que iria vendê-los. Uma semana depois, chego em casa e tem uma placa no portão "Vende-se doces". Entro e encontro um garotinho feliz, com 5 reais no bolso.

Ele já montou banquinhas de venda de arte na calçada - com quadrinhos e desenhos que ele e o irmão pintavam - de brinquedos usados, limonada e geladinho (sacolé).

Já montou 2 empresas, a Falupe, Fábrica de Lanternas e Coisas que Brilham, que chegou a ter logotipo e uma planta do prédio, encomendada a uma amiga arquiteta, que viajou na idéia e fez o pr…

O mico nosso de cada dia, dai-nos hoje.

Imagem
Gente, não é possível! Como diz a minha irmã, na outra vida devo ter colado Buballoo de banana nos pentelhos do Cristo. Um dia depois da "agradável" experiência na compra dos tenis dos meninos, pago um mico do tamanho de um gorila num supermicado, ops, supermercado atacadista de São José dos Campos, o Tenda.

Eu já tinha ido a este lugar há uns 5 meses e tido uma péssima experiência. Jurei não mais voltar, mas seduzida pelo preço da cesta básica, 10 reais abaixo da concorrência, achei que valeria a pena tentar novamente. Como ia levar 2 cestas, já imaginava a festa com champanhe e caviar que eu faria com os 20 reais economizados.

Entrei na loja e a Maria Bethânia cantava "Sonho meu". Era um aviso. Deveria ter desistido aí. Mas fui em frente. Uma hora e meia depois, 80 kilômetros de corredores percorridos e em cima da hora para pegar os meninos na escola, a mocinha do caixa me informa que minha compra tinha dado 350 reais e pergunta "A senhora vai pagar como?"…

Mãe Rally Adventures 2

Imagem
Quem acompanha o Ombudsmãe sabe o quanto me enrolo devido a falta de um planejamento mais cuidadoso das atividades cotidianas. Mas o que me aconteceu ontem foi além de todas as previsões.

Resolvi pegar os meninos na escola e ir ao shopping comprar tênis. Tínhamos pouco tempo entre comprar os tênis, almoçar e levá-los para a aulinha de futebol. Mas, como eu já havia ido à loja um dia antes e separado alguns pares, achei que daria tudo certo (eu sempre acho que vai dar tempo).

O plano começa a dar errado na escola do menor. Ao invés de entrar no carro, como sempre faz, ele insistiu para que eu fosse ver a decoração que eles tinham feito no páteo. Bom, seriam só uns minutinhos. Entrei, adorei, fiz toda a festa que as mães fazem e saímos.

Vou para a escola do maior, que sai acompanhado da amiga que dou carona às terças. Tinha me esquecido dela! Fiquei super aborrecida comigo mesma. O retorno ao meu bairro para levá-la pra casa estava totalmente fora do cronograma.

O passarinho verde sugeriu e…

Cunhada começa com...

Este vídeo me fez rolar de rir. Foi enviado por minha cunhada super darling querida que, por coincidência, começa com...hahahahahaha. Uma conversa engraçadíssima, que só poderia acontecer na cama, entre marido e mulher. Divirtam-se e um ótimo final de semana.

TARÔ

Imagem
Hoje é o aniversário de um amigo que está na minha vida há mais de 20 anos. E quem eu adoro!
Para ele, fiz este humilde textinho. É meio papo cabeça, mas acho que lá no fundo, ele vai gostar.

TARÔ

Nunca vamos partir o pacto
o pacto que nunca vamos partir

Mesmo que eu Disney e você Ibiza
Mesmo que eu Mac e você PC
Mesmo que eu Banchá e você Clicquot
Mesmo que eu orégano e você alecrim

Nunca vamos partir o pacto
o pacto que nunca vamos partir

Mesmo que eu enjôo e você ressaca
Mesmo que eu Angelina e você Pitt
Mesmo que eu açúcar e você zero
Mesmo que eu orgânico e você satânico

Nunca vamos partir o pacto
o pacto que nunca vamos partir

Mesmo que eu Natal e você Reveillon
Mesmo que eu Pirata e você Caribe
Mesmo que eu leve e você entregue
Mesmo que eu baunilha e você Kouros

Nunca vamos partir o pacto
o pacto que nunca vamos partir

Mesmo que eu thc e você nicotina
Mesmo que eu perdida e você GPS
Mesmo que eu case e você vaze
Mesmo que eu Cássia e você Elis

Nunca vamos partir o pacto
o pacto que nunca vamos partir

Me…

Isopor Food

Imagem
Ontem li um artigo, que publico logo abaixo, sobre os componentes nutricionais dos cereais matinais. É assustador. Excesso de açúcar, de sódio, poucas fibras. Isto é, uma bomba calórica com poderes de alterar o metabolismo do corpo, principalmente das crianças. E quando os itens acima estão sob controle, nutricionalmente falando, os outros ingredientes não ajudam em nada o organismo. Tudo o que os fabricantes acrescentam de vitaminas e sais minerais pode, facilmente, ser ingerido através de outros alimentos, muito mais sadios. Portanto, o texto afirma que cereal matinal é isopor food.

Sempre desconfiei de cereais industrializados. Os maiores consumidores deles, no mundo, são os roliços americanos. Não preciso dizer mais nada. Me lembro de um americano achando muito esquisito que, na França, as pessoas compram pão fresco na padaria para comer no café da manhã. "Ninguém come cereal!" Ele dizia. E olha que o pão fresco da França é o croissant, cheio de manteiga, algo que, está m…

Uma chance para sua idéia

Essa eu soube através do Publiloucos. O Google está com um projeto muito legal. Chama-se Projeto 10100 (lê-se 10 elevado a 100). Você que, como eu, tem milhares de idéias na cabeça mas nada de executá-las, pode publicá-las lá e talvez sua idéia seja colocada em prática. 
O Google está destinando 10 milhões de dólares (no total) para os melhores projetos. E mesmo que o seu não ganhe, com a sua autorização, ele ficará disponível para que instituições ou ONGs interessadas possam contatá-lo.
Adorei. É a internet sendo usada para o bem.

Se quiser saber mais, clique aqui "Projeto 10 100"