Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2013

Mães, pintos e maisena.

Imagem
Mães, pintos e maisena.

Depois de uma tarde deliciosa com a molecada escorregando no sabão, o amigo do filho grita:
"Tia, uma formiga picou o meu pinto. Tá ardendo muito! Eu quero ligar pra minha mãe!".
Experiente na arte de receber coleguinhas, a dona da casa dá o fone pro garoto. Ligar imediatamente pra mãe é um direito garantido a todo pequeno visitante.
A conversa foi breve e o menino desligou muito contrariado.
"Eu quero que minha mãe venha aqui ver o meu pinto…" Ele reduz o tom de voz e evita olhá-la no olho: "…mas ela disse que é para eu mostrar para você antes."
O menino ensaia abaixar o calção, mas não tem jeito. Aos 11 anos, não é mais pra qualquer mulher que se mostra o dito cujo.
Ela tenta relaxá-lo: "Você está com vergonha? Não tem problema. Quando quiser que eu olhe, me avise."
O menino liga novamente pra mãe. A conversa dessa vez é mais longa: "Mas mãe, eu ainda quero dormir aqui…mas você tem que vir aqui ver o meu p…