6.8.09

Gripe suína e homeopatia



Essa dica veio de uma senhorinha, com mais de 90 anos, que viveu no Rio de Janeiro, durante a gripe espanhola.

No auge daquela terrível epidemia, seu pai preparava uma mistura de medicamentos homeopáticos e distribuía em garrafas para a população, que fazia fila na porta da casa dela em busca do composto.

O que ia na mistura: água, gelsemium e eupatorium. Conheço bem o gelsemium. É um poderoso antigripal. O Eupatorium eu conheço menos, mas sei que é usado nas infecções e é um dos componentes do eficiente composto homeopático antidengue.

A senhorinha sugere que usemos a mesma combinação contra a gripe suína. Faz todo sentido. Mas antes que eu seja processada por exercício ilegal da medicina, sugiro que você consulte seu homeopata e discuta com ele a dica. Mesmo porque, ela não se lembra da dosagem.

Sei que tal composto (ou pelo menos o Gelsemium) pode ser usado como preventivo de gripe. Portanto, se você, como eu, acredita em duendes e em homeopatia, invista na dica da senhorinha e consulte logo seu homeopata.

Em tempo: encontrei um artigo científico defendendo a combinação "gelsemium eupatorium" nas epidemias de gripe, inclusive cita a gripe espanhola (a velhinha está mais lúcida que eu imaginava). Se estiver interessado, clique aqui para lê-lo.

10 comentários:

Anônimo disse...

Que chique, tem até artigo científico para dar embasamento e tudo!!! Adorei a dica! Bem em tempo, eu que estou super gripada, vou falar com a minha médica se tem cura ou é mais um surto de frescura Cuibana minha que se recusa a aceitar tanto frio!
beijos Dri

Renata Rainho disse...

Eu estou evitando "baladas". REcebi um e-mail ambé ma respeito que vou copiar aqui.

Trate a gripe A de forma natural com chá de guaco


Dra. Sylvana Braga*

A gripe A está deixando o mundo inteiro em estado de alerta e medo. Diante da falta de informações, muitas pessoas podem começar a se automedicar, o que pode levar os vírus mais resistentes a se instalarem no organismo, tornando a cura mais difícil.

Este vírus é uma versão mais forte da gripe comum, causada pelo influenza, e derruba os infectados de uma maneira que não estão acostumados e os torna menos resistentes, com perigo de morte.

A falta de resistência vem da má alimentação e do estado de salubridade em que o indivíduo vive. Assim, as pessoas que possuem menor qualidade de vida acabam sendo as vítimas fatais. O que poucos ainda sabem é que as mortes não são decorrentes da gripe em si, mas da instalação de bactérias no sistema respiratório do paciente, principalmente nos pulmões.

Na maioria dos casos, as complicações bacterianas são as mais perigosas e o pulmão, o órgão mais afetado. É preciso também tomar cuidado com a medicação indevida, para não abalar a resistência do próprio organismo quanto aos novos organismos hospedeiros. É aconselhado o uso de antivirótico somente em casos graves, que envolvam febre alta, falta de ar e cansaço extremo. Os casos que requerem maior atenção são os de gestantes, crianças, idosos, diabéticos, obesos e pessoas em quimioterapia.

Dicas de alimentos que previnem e curam a gripe

A fitoterapia, tratamento através de elementos naturais, é sempre uma ótima recomendação, principalmente por não ter efeitos colaterais. Para a gripe, o guaco é excelente para expectoração dos pulmões, podendo ser ministrado na forma de xarope sem açúcar quatro vezes ao dia.

Já os complexos de aminoácidos também podem auxiliar na recuperação dos sintomas. Além de sempre destacar a importância das hidratações feitas com soro caseiro.

Condimentos com gengibre e alho, em comprimidos ou chá, auxiliam na recuperação. Uma alimentação à base de sopas com legumes, frango e sucos de maçã ou pêra é excelente. Os iogurtes e coalhadas podem auxiliar na parte intestinal da doença e frutas frescas como melão e melancia devolvem os minerais perdidos, além de hidratar!

• Dra. Sylvana Braga (www.sylvanabraga.com.br) – Médica ortomolecular, nutrologista, reumatologista e fisiatra.

Taís Vinha disse...

Oi Phaleg, removi seu comentário porque não me senti confortável de divulgar algo que não consigo comprovar. Entendo sua intenção, mas acho que se houver motivo para alarde, em breve saberemos. Tenho uma certa cautela com o que se divulga na rede. E no Ombudsmãe prefiro publicar aquilo que sei que é de fonte segura e comprovada. Um abraço e ficarei atenta ao seu alerta.

Hegli disse...

Eu acredito em duendes sim, em uma sociedade mais justa, na imortalidade da alma e em homeopatia tb, rs. Tanto que já marquei horario segunda com o homeopata do meu filho que tem bronquite asmatica, rinite alergica cronica e passou por uma broncopneumonia há um ano. Quero falar sobre sua dica. Estou em ALERTA TOTAL! Seguindo os conselhinhos basicos de não ficar em recintos fechados e tal, mas tento não assustar meu flho, nem confiná-lo em casa. Obrigada pela dica Taís. Não suma mais, ficamos com saudades. Bj

Thaís Rosa disse...

Oi Taís, estava com saudade dos seus posts!
Bacana essa dica, vou consultar minha homeopata djá! (e a do Caio também)
Viu, esta semana estive participando de blogagens coletivas durante a Semana Mundial de Aleitamento Materno, aí lembrei de um post seu muito instigante - AMAMENTAR NÃO É UM ATO DE AMOR - e linkei lá no meu blog, para estimular uma reflexão por lá. Espero que não se importe.
Grande beijo
Xará

Clarice disse...

Menina, eu gostaria que os noticiários divulgassem diariamente os óbitos por gripe, sim, mas incluíssem os que ocorrem por malária, por outros tipos de gripe, por tuberculose e outros quetais que não tem merecido a devida atenção de governos e da ciência do mundo inteiro.
A propósito de remédios poderosos, meu nono, que faleceu bem velhinho,há muitos anos, foi um dos que se escalou para transportar as vítimas da gripe espanhola no Brasil. De carroça, no interior de Santa Catarina. Nem máscara se usava!
Conta minha mãe que ao chegar em casa, ele costumava lavar as mãos com álcool, depois colocava leite fervente em um copo com alho cru esmagado e bebia todo o leite. É um sabor terrível, eu já experimentei. Picante.
Claro que ele tinha a pinga para rebater e a sopa era coberta por uma fina camada de pimenta.
Por via das dúvidas eu abuso do alho na comida e sigo sem muita neurose as recomendações que deveriam valer para qualquer doença transmissível.
A natureza oferece muitas alternativas para colocar nossa máquina em ordem. Costumo usar muitas receitas transmitidas por bisas e avós, negros e índios, que aprenderam antes de nós.
Beijos e saúde!

Renata Rainho disse...

Eu sei que não ajuda muito mas tem bemmais gente morrendo de dengue no Brasil...

Taís Vinha disse...

Hegli! Eu tb acredito na imortalidade da alma. Em Kardek e nos bons espíritos. Acho que temos muito em comum! Seu filhote é respirador bucal? Isso agrava a rinite e os quadros de doenças respiratórias.

Thais Xhará, obrigada pelo link. Muito legal o tema da blogagem. Vou conferir.

Clarice, que saudade! Adoro suas memórias. Essa do seu avô na gripe espanhola é muito boa. Que horror foi esta gripe não? 20 milhões de mortos! Seu avô sabia o que fazia: o alho é comprovadamente um excelente preventivo da gripe e é um dos medicamentos que os homeopatas estão recomendando contra gripe. Eu também tô sem neura. Investi mais nos sucos e nas frutas, vida ao ar livre e entregar para Deus. Quanto à pinga e à pimenta, li um livro de um explorador inglês do século 19, que pregava que para resistir às doenças dos trópicos, tinha que ter um bom nível de álcool no sangue e comer comidas fortes. Quem não fazia isso, morria logo. Na época era o que eles dispunham. Não morriam de malária aos 30, mas morriam de cirrose aos 60. hahahahahaha.

Renata, muito bom o texto que você colou. E eu concordo que morre mais gente de outras doenças, mas não se pode descuidar de nenhuma. E tem muito mito circulando, por exemplo, recebi um email dizendo que a malária se evita com simples mosquiteiros. Aí vem a Sharon Stone e doa milhares de dólares pra comprar mosquiteiro. Se esquecem de que as pessoas não passam o dia dentro do mosquiteiro. Isto é, o mosquiteiro evita as picadas que a pessoa leva quando está dormindo. E o restante das horas que elas estão acordadas? É tudo paliativo. Capaz de agora arrecadarem dinheiro pra comprar repelente de tomada. E o único beneficiado será a Bayer. Porque os mosquitos continuarão vivos e ativos. Bjs!

Renata Rainho disse...

Tais vc tem razão, a gente não pode se descuidar de nenhuma doença.

Semrpe que eu tiver releases do assunto que vc postar vou colar. Assim fica a dica "do outro lado".

um ótimo fim de semana

buy cialis disse...

A homeopatia é uma droga milagrosa, eu lembro que minha família sempre ter apenas para curar as nossas doenças hemeopatia