18.12.09

Mais um texto republicado sobre o Natal.



Preciso rever meu Natal quando:


...começo a achar que a vida eterna, prometida pelo Cristo, é o tempo que vou levar para pagar as compras de Natal.

...torço por uma reforma que elimine dezembro do calendário.

...os amigos secretos viram inimigos declarados depois de abrirem os presentes.

...dou vinho para o vigia da rua, esquecendo que ele é crente.

...o entregador da Veja, que nunca me viu, me acorda domingo às 7 da manhã para pegar a caixinha.

...meu filho comenta que a árvore do vizinho dá de 10 a zero na nossa.

...meu filho comenta que com estas luzinhas mixurucas nós nunca vamos ganhar o concurso de decoração natalina do condomínio.

...o assunto na hora da ceia é se Chester é uma ave natural ou se deram hormônio para o bichinho.

...a bebida fica a cargo do cunhado e ele traz um vinho garrafa azul horroroso que veio na cesta da firma.

...começo a achar que quando Jesus falou em sofrimento, ele se referia a encontrar uma vaga para estacionar.

...meu filho pergunta se, ao invés de cartinha, pode colocar sua lista de presentes no Orkut do Papai Noel.

...a empregada faz um vale para pagar a prestação da tv de plasma (que eu não tenho).

...a fantasia do Papai Noel fica apertada no meu irmão. No meu cunhado. E no meu marido.

...meu filho pergunta quem está tomando conta da fábrica de brinquedos agora que o Papai Noel está trabalhando no shopping center.

...meu filho me pergunta como Papai Noel não morreu congelado na manjedoura e se Belém é a capital do Polo Norte.

...esqueço da lembrancinha do porteiro e ele esquece o restante do ano de colocar o jornal na minha porta.

...o colega que levou máquina fotográfica na festa de final de ano da firma é demitido por justa causa.

...o presente mais barato da lista do meu filho, só poderá ser comprado se eu entrar na lista dos 10 mais ricos da Forbes.

...meu marido ameaça entrar com um pedido de impeachment se aparecer mais um cheque-pré no canhoto do cheque.

...depois de peregrinar por lojas, shoppings, calçadões e supermercados, fico na dúvida se estamos comemorando o nascimento ou o calvário do Senhor.

...meu filho pergunta porque o Papai Noel é branco em um Shopping e negro em outro.

...me lembro que o motivo de toda esta loucura é celebrar o nascimento do Homem que, há 2000 anos, introduziu o conceito de vida simples no ocidente.

15 comentários:

Paula ZZT disse...

ai, eu "tô" com a maravilhosa virose... Na verdade, hoje é o 1o dia nessa semana que volto a me sentir dona do meu corpo... Mas nos outros dias foi fogo...

Mas esse afirmativa:
"...depois de peregrinar por lojas, shoppings, calçadões e supermercados, fico na dúvida se estamos comemorando o nascimento ou o calvário do Senhor."

Me fez gargalhar...
Obrigada!!
Bjoks
Paula

Dona Pimenta disse...

Como sempre, adorei o texto! Feliz Natal pra vc e que em 2010 além de muitas coisas boas você tenha ainda mais inspirações para escrever e tocar nossas sensibilidades.
Com carinho
Dona Pimenta

Tais Vinha disse...

Oi queridas,

Feliz Natal pra vocês também. Que a gente se mantenha na mesma sintonia em 2010. Questionando muito, mudando um pouco e dando muita risada disso tudo.

Bjs!

Paula ZZT disse...

TaVi, esse blog "A Artista" é do seu filhote? vendendo suas coisas? Adorei o prato em formato de coração :-)

Desejo ótimas festas. Que essa energia de renovação que sempre vem com o tal ano novo continue por meses e meses!!
Bjoks
Paula

Cynthia Santos disse...

ahahahah
Estou rolando de rir!
Adorei, Taís!
Apesar do cunho totalmente consumista, o Natal é uma das melhores datas do ano pra mim... eu passo o mês inteiro querendo chorar, emocionada mesmo, que nem uma boba...ehehehe
Beijo grande!

Hegli disse...

PER-FEI-TO!
HAHAHAHAHAHA!
RI MUUUUUITO!

Tb postei sobre o Natal no meu blog:
http://educacaoambientalcontemporanea.blogspot.com/2009/12/neste-natal-vamos.html

bjs

hegli disse...

saiu cortado o blog:
http://educacaoambientalcontemporanea.blogspot.com/
2009/12/neste-natal-vamos.html

Nadja Barros disse...

Querida Taís!
Uma voltinha no seu blog NUNCA é perda de tempo!!!
Sou sua fã, saiba disso!!!!! :))))

Rir, chorar, refletir, ponderar, concordar, discordar, debater, analisar, encontrar, dar e receber...são algumas das ações que seu blog me permite...e reu adotrei conhecer seu espaço este ano, mesmo que no finalzinho!
É como vc disse, vamos manter a sintonia no novo ano que chega!
Um maravilhoso natal e um ano novinho pra vc preencher com seus excelentes textos!
Um super beijo!

Silvia disse...

Pois esses teus textos de Natal podem ser republicados anualmente, porque é sempre bom a gente relembrar uns conceitos.

Que seu Natal seja light e as famílias entrem no verdadeiro espírito da coisa. Com criança, é duro, porque todo mundo quer agradar, mas temos que ser firmes e desestimular todos os excessos - mesmo que nem sempre sejamos bem-sucedidas nessa tarefa! :-)

E que venha 2010 pra gente pôr uns projetos em prática!

Marcia disse...

Oi Taís. Ótimo texto (o que não é nenhuma novidade) me enxerguei em vários momentos.
É mesmo uma pena que a essência do Natal tenha se perdido. Hoje em dia essa é uma ocasião que significa maior lucro para os lojistas que qualquer outra coisa. Aliás, hoje em dia todas as datas comemorativas são uma desculpa para um consumo desenfreado, de objetos, de alimentos...
O único espírito que toma conta de mim nessa época do ano é o de porco, sinto vontade de desaparecer e só voltar depois do carnaval.
Aqui em casa pelo menos no quesito ceia conseguimos chegar num ponto de equilíbrio, nossa refeição chega a ser frugal, ao invés das aves imensas, um franguinho assado em casa, uma salada verde, salada de frutas como sobremesa, enfim, uma refeição sem muitos exageros, poupando o corpo da rebordosa alimentar pós ceia.
Já no que diz respeito ao tal espírito de Natal, não sei onde ele tem se escondido, ano retrasado minha mãe ficou reclamando do serviço da faxineira em plena ceia....aaffff.... quase tive uma síncope.
Mas agora com as crianças em casa tenho aprendido a curtir pelo menos as luzes de Natal que enfeitam a cidade (tentando não pensar no consumo de energia...hehe) Talvez eu ainda tenha salvação....
Mas de coração te desejo um ótimo Natal e que em 2010 você continue nos brindando com seus ótimos textos.
P.S. aliás tem uma coisa que eu adoro no Natal: panetone....nham nham
bj.

Paula ZZT disse...

Querida, passando por aqui só para te desejar um ótimo 2010.
Saudade, mas sei que final de ano tudo fica parado :-)
Foi ótimo acompanhar você em 2009, e sei que vai ser melhor ainda em 2010, até pq será o ano em que faremos contato, rsrsrsrs
Bjoks
Paula

Paula ZZT disse...

ai, mulher sumida!!
segue um link sobre um assunto importante: http://itodas.uol.com.br/portal/final/materia.aspx?canal=646&cod=7770
O machismo de nós mulheres...
Bjoks
Paula

Mãe do Pitoco disse...

Onde eu estava que ainda não conhecia este blog maravilhoso? Que loucura!

Parabéns pelos textos, pela pertinência dos assuntos - especialmente o do Escreva Lola - e pelo engajamento em prol do que acredita.

Adorei e linkarei! Beijos

chico abelha disse...

taís,
eu já era seu fã... fiquei mais ainda depois de ler essas gostosuras que você escreve.
adorei!
bj,
chico.

paulette disse...

este texto é muito divertido, já estou partindo para ler os outros. bjs.