9.2.09

Melô da Adaptação

Para começar uma segundona cheia de glória, o "Melô da Adaptação", dedicado a todas as mamães aflitas, inseguras e ansiosas com a adaptação de seus pimpolhos na escola. Lembrem-se dela todas as vezes que vocês estiverem com um pequeno esgoelando, agarrado ao seu pescoço. E relaxem: em breve eles não darão nem "tchau". Beijos e boa semana!

5 comentários:

Silvia disse...

Hahaha!

Mas, pras mães cujos filhos realmente custam a se adaptar, deve ser duro.

Nunca tive problemas. Adaptação imediata, sempre.

Os teus também não têm cara de quem custou a se adaptar... Cê tá é tirando sarro das pobres mães que têm que sair da escola com o coração em frangalhos porque os pequenos choram, se descabelam, se agarram nas pernas delas... Tadinhas!

;-)

Taís Vinha disse...

Duro? A adaptação é um horror! Vc sempre fica na dúvida se é mãe ou o Torquemada. O Lucca levou 10 dias, pendurado no meu peito, com 1 anos e 8 meses! O Fábio duas semanas, mas quem o adaptou foi o Renato. O Juliano foi mais fácil, porque no terceiro vc joga o moleque lá dentro e dá tchau! hahahaha (mentirinha...uns 4 dias).

Bjs e boa semana!

b disse...

Não acaba nunca - a não ser que vc esterelize seus filhos.
Agora vivo perguntando pela escola dos netos.
O caçula aos 8 é mais adaptável, faz as coisinhas direitinho etc..., aquariano que é.
O mais velho é um taurino teimoso e agarrado ao que ele acha que são os critérios dele. Adolescente aos quase 12 (porque os hormônios hoje manifestam se mais cedo).
Ano passado só tirou nota ruim.
Repetiu, e disse que repetiu porque é imaturo ( argumentação).
Desde essa semana, está sentado na primeira fila de carteiras na sala, apesar de ser alto.
Prá não dar o braço a torcer, disse que a idéia foi ótima, pois está sentado no meio de 2 lindas gatinhas.
Não acaba não...
(Mãe velha pode postar aqui?)

Taís Vinha disse...

Hahaha, amei o argumento do garoto! "sou imaturo." Virei fã!

Como é a escola dele? Porque crianças mais questionadoras se dão melhor em ambientes mais democráticos, que acolhem as idéias e não tentam enquadrar estes pequenos grandes seres em um modelo estabelecido. Nesses ambientes estas crianças melhoram a autoestima (pois se sentem mais valorizadas e acolhidas) e aprendem melhor.

Claro que mãe velha pode postar! Mãe é mãe em qualquer idade. Com muito orgulho!

Beijos

Anônimo disse...

Tais... Você devia abrir um "terreirop virtual" para mães descabeladas e sem rumo, vai ler pensamento assim na "p.q.p"! Eu que estou fazendo a minha primeira adaptação na vida e faço alternada com o pai, fico sempre torcendo para que o nosso filho melhore progressivamente e não só nos dias do pai para que eu não perca o meu passe, pois a adaptação com certeza é para as mães! Sóu quem vai chorar na janelinha do portão da escola quando der tchau e ter que ser muito forte, onde se faz faculdade para isso?!
Vou tocar a música de novo! Beijos da novata! Dri.