21.9.07

Gostosa



O Ombudsmãe retorna, com a promessa de que agora as atualizações serão, no mínimo, semanais. Outra novidade é que o endereço ficou mais fácil: www.ombudsmae.com.br

Retomo do ponto em que paramos. Revistas femininas completamente fora de sintonia com o universo feminino. E o que é pior, ajudando a derrubar nossa auto-estima e mantendo-nos em constante culpa. Dei uma conferida nas bancas. Há dezenas de revistas dedicadas à mulher. Todas, com fórmulas "simples" e eficazes de obtermos equilíbrio "marido + carreira + filhos + corpo esplêndido" (a única excessão é a Nova, que promete o mapa para o ponto G. Deles. ). Minha pergunta: se fosse tão fácil equilibrar tudo, por que martelam tanto o tema? Se é tão básico, por que tantas mulheres estão enlouquecidas, cansadas e frustradas?

Sinceramente, precisamos aprender com os homens. Confiram as revistas masculinas - 70% trazem na capa a gostosa do mês. Outras 20% trazem a moto ou o carro do mês. E as 10% restantes trazem a gostosa do mês sobre a moto ou o carro do mês. Simples assim. Não encontrei NENHUMA revista dizendo que eles precisam equilibrar melhor carreira, filhos e esposas. Que precisam fazer mais abdominais e comer alface pra manter a barriga de tanquinho.

É uma verdadeira terapia: toda vez que este ser peludo, barrigudinho e ligeiramente egocêntrico (fui fina) entra numa banca, depara-se com uma gostosuda olhando pra ele com cara de "Você é o máximo. Vem cá, gostosão!". Dá pra ter alguma culpa ou dilema existencial?

Sabe o que eu gostaria de ver numa revista feminina (além do Brad Pitt pelado me chamando com o dedinho)? Títulos mais realistas, como:

"Tá impossível conciliar tudo? Então tome uma cerveja e pare de tentar o impossível."
"Filhos problemáticos? Quem não tem é que tem problema."
"Esfriou a relação? Aqueça-se com o vizinho gatinho."
"Botox jamais. Mulher gostosa é mulher que consegue sorrir."
"Equilíbrio é para artista de circo. Desce da corda bamba, menina!"
"Cansada demais pra fazer a janta? Crianças adoram pizza com sorvete."

É isso. E fiquem com o gostosão do mês.

7 comentários:

vovó madô disse...

Uau!!!
Entrou com os cravos da chuteira!!!
ADOREI!
"Colaborar com o inevitável" também é um bom título e um bom lema para a vida dessa mulher "muderna" que todos (eles e elas também) insistem em debater.
Vamos combinar, não é fácil não se render à cilada da mulher maravilha, mas com certeza, é mais prazeroso descobrir que o buraco é mais embaixo.
Enfim, vale a pena e muito, não sucumbir à tentação do mundo cor-de-rosa e aproveitar ao máximo esse parque de diversões que é a vida.
Madô, a vovó safa.

PS: Que playground o gostosão do mês, hein?

Silbene disse...

Olha menina, se abrir o su blog eu tiver sempre esta visão animadora, virei mais vezes. kkkk. Sou nova aqui! De onde saiu o ombudsmae? Parabéns pelas matérias, adorei. Silbene

Anônimo disse...

Adorei!!!!!
Nada como um pouco de realidade bem humorada para nos alegrar... Tais está otima a nova versão,me avise quando lançar a sua revista que eu vou assinar.
beijos te amo, Dri

Telma disse...

Isso que é retornar com estilo! E que estilo! Estava com saudades da ombudsmae e agora com esse incentivo do mês o blog estará congestionado...
Sugiro que enviemos o artigo para as inúmeras revistas femininas emburrecedoras e culpabilizadoras (precisamos de leituras que aumentem nossa culpa, quase não as temos naturalmente...).
Vou imprimir e reler antes de colocar biquini, dar uma olhada na dispensa após duas semanas sem passar no supermercado, estar cansada demais para arrumar-me...
Adorei os títulos dos novos artigos. O melhor foi "Esfriou a relação? Aqueça-se com o vizinho gatinho."!
Dá licença que vou dar uma olhadinha na vizinhança...
bjs

Silvia D. Schiros disse...

Tais, adorei o teu blog. Já está indo para os favoritos.

(Eu sou a mãe da Carina e da Giovanna, da escola.)

Khaoe Schran disse...

Nossa, eu desconhecia totalmente esse ponto de vista feminino, :). achu q vou começar a me preocupar mais com barriguinha sarada tb, :). Tomare que a galera da Abril de uma passadinha por ak e leia tb;). Adorei, vou estar dando uma vasculhadinha por ak de vez em quando tb, informação numca é de mais. Positividades Prof.!

Lilian disse...

Adorei!! Mas, pior que as revistas 'femininas' (não acredito que sejam, de fato) são os livros de auto-ajuda 'femininos'! Esses que pregam o determinismo biológico e a psicologia evolutiva pra explicar por que mulheres são 'programadas' pra terem várias atividades de uma só vez e por que não são tão boas de geometria quanto os homens... Ahhhh, se tem algo que odeio mais do que neura são imposições pseudocientíficas de rótulos e estereótipos!!