10.11.11

Para que serve um pai




Para que serve um pai

Corta, aplaina, enverga
enfia pregos, pinta

Joga na água
Diz para confiar que vai dar tudo certo

Mostra o rumo do infinito
E o caminho de volta para o porto

"E se tiver tempestade?"
"Enfrente."

"Piratas?"
"Desvie."

"Se meu casco partir?"
"A gente remenda."

"Sereias?"
"São magníficas, mas coloque cera nos ouvidos."

"Se eu afundar?"
"Eu te resgato."

"E quando anoitecer?"
"Você tem as estrelas."

"Eu ainda não consigo lê-las."
"Você nunca ficará na escuridão."

As amarras são soltas
O filho parte

E o que era menino
vira navegante

E o que era pai
vira farol